É um tipo de marketing em que a empresa (publicitária) recompensa (pode ser financeiramente) o afiliado (editor) por canalizar potencias clientes através de links para o seu website. Estes hyperlinks podem ter dois objectivos diferentes: vendas directas; ou simplesmente redireccionar potenciais utilizadores interessados para o website da empresa (publicitária).
Resumindo, quando você promove um determinado programa de afiliado, você é recompensando por essa promoção de acordo com o que a empresa/anunciante decidiu previamente: clique, ação, lead, mil impressões, formulário ou venda. Para percebermos mais facilmente como funciona cada um desses formatos de publicidade com programas de afiliados, vamos analisar caso-a-caso e dar-lhe alguns exemplos práticos para uma melhor percepção:

facebook é a rede social mais popular em todo o mundo e aquela que permite chegar mais rapidamente a um público alvo cada vez mais alargado. Existem algumas regras básicas de gestão profissional do facebook, que deverão ser levadas em consideração pelas empresas, por forma a conseguir uma comunicação mais eficaz e eficiente, consonante com os seus objectivos comerciais, nomeadamente, estabelecer à partida um plano de intervenção que poderá ser trimestral, semanal e/ou diário definindo claramente o tipo de actualizações e conteúdos que cada uma das intervenções terão, bem como o seu objectivo.


Na internet, esse modelo de comissão sobre as vendas é chamado de marketing de afiliados ou affiliate marketing (em inglês). O primeiro programa de afiliados na internet foi criado em 1996 pela Amazon e se chamava Amazon Associates. O programa continua existindo até hoje e foi um dos principais propulsores de crescimento da Amazon, uma vez que milhares de afiliados promoviam os produtos da empresa nos Estados Unidos, recebendo uma fatia sobre as vendas. Caso eles não gerassem vendas, a Amazon também não estaria investindo dinheiro nenhum com essa publicidade, uma vez que ela pagaria uma comissão somente por vendas realizadas.
Não precisará pagar nada. Diria que 100% das empresas que oferecem um programa de afiliados não cobram absolutamente nada para você entrar e começar a promover os seus produtos. No entanto, poderá acontecer que você não seja aceito num determinado programa de afiliados, por essa empresa considerar que você não se enquadra no tipo de afiliado que ela procura.

"I am writing this letter to thank you for all the hard work and dedication your team has put forth into the marketing of my website. I appreciate your attentiveness to my many questions and the time you have spent with me on the phone, online, and via email. I can testify to your professionalism, knowledge of your field and your fair and honest business practices. Jim, when it comes to the Internet marketing of my website, you have gained my complete and full trust. Whatever you need, just ask. Our business has reached new heights that before I met you, I never would have dreamed of. I'm so glad you enjoy your work so much, because of this, I know my business is well on its way to continued success. Keep up the great work!" Adam C.
Para se iniciar no marketing de afiliados, você deverá, antes de tudo, compreender como funciona cada uma das formas de partilha de receitas e decidir qual aquela que será à escolha mais lucrativa para o seu negócio. Por exemplo: se você tiver um site/blog que gera milhões de pageviews mensalmente, as campanhas por CPM são, claramente, uma oportunidade muito boa. No entanto, se você trabalha em nichos de mercado que gera, pouco tráfego, os programas por CPA são a melhor opção. Logicamente, cada caso é um caso, e você precisa estudar muito bem os seus projetos antes de decidir promover um determinado produto ou empresa.

As redes de contactos profissionais, cujo exemplo mais famoso costumava ser LinkedIn e Plaxo, são uma das várias redes sociais, como o Archifamous, MySpace e o Facebook. As redes sociais de lazer foram os primeiros a aparecer e uma vez que o seu poder de comunicação foi clara, a comunicação empresarial não demorou muito a tentar tirar vantagem deste potencial e as redes de contactos profissionais nasceram. Estas redes de contactos profissionais trabalham num link baseado num convite, interligando todos os contactos profissionais numa única conta. Desta forma, poderá surgir um variado número de negócios, que não foram visíveis no mundo off-line, através do contacto profissional retirado dessa única conta (pode ser um cliente, fornecedor, distribuidor, etc.).
By using Internet platforms, businesses can create competitive advantage through various means. To reach the maximum potential of digital marketing, firms use social media as its main tool to create a channel of information. Through this a business can create a system in which they are able to pinpoint behavioral patterns of clients and feedback on their needs.[30] This means of content has shown to have a larger impingement on those who have a long-standing relationship with the firm and with consumers who are relatively active social media users. Relative to this, creating a social media page will further increase relation quality between new consumers and existing consumers as well as consistent brand reinforcement therefore improving brand awareness resulting in a possible rise for consumers up the Brand Awareness Pyramid.[31] Although there may be inconstancy with product images;[32] maintaining a successful social media presence requires a business to be consistent in interactions through creating a two way feed of information; firms consider their content based on the feedback received through this channel, this is a result of the environment being dynamic due to the global nature of the internet.[29] Effective use of digital marketing can result in relatively lowered costs in relation to traditional means of marketing; Lowered external service costs, advertising costs, promotion costs, processing costs, interface design costs and control costs.[32]
O marketing de afiliados não é algo novo. Há centenas de anos que pessoas trabalham em modelos de comissão semelhantes, e os chamados comissionistas existem há centenas de anos. Um bom exemplo desse tipo de trabalho seriam os corretores imobiliários. Eles divulgam imóveis dentro e fora da internet, recebendo uma comissão sobre a venda daquele imóvel.
×