Quando falamos de marketing de afiliados, paciência é um termo importante, especialmente se a sua estratégia passar por escrever conteúdo relevante e trabalhar com programas de afiliados em seus sites e blogs. Quando comecei, lembro-me perfeitamente da primeira comissão que gerei num programa de afiliados e a sensação foi espectacular. No entanto, demorei alguns anos para começar a ganhar dinheiro de forma significativa com meus sites e blogs.
Este tipo de marketing estratégico no fue muy tenido en cuenta durante muchos años, debido a que las acciones de publicidad online se concentraban en los sitios web de alto tráfico o aquellos sitios oficiales de medios masivos de comunicación como periódicos, estaciones de radio o canales de televisión. Con los años, en los departamentos de maketing de las empresas comenzaron a divisar que la publicación en plataformas de afiliación generaban mayores resultados con inversiones menores.
"Jim Boykin blows my mind every time I talk to him. I have been doing SEO for 15 years and yet I am amazed at the deep stuff Jim comes up with. Simply amazing insights and always on the cutting edge. He cuts through the BS and tells you what really works and what doesn't. After our chat, I grabbed my main SEO guy and took him to lunch and said 'you have to help me process all this new info...' I was literally pacing around the room...I have so many new ideas to experiment with that I would never have stumbled onto on my own. He is the Michael Jordan or the Jerry Garcia of links...Hope to go to NY again to Jim's amazing SEO classes. Thanks Jim!" Michael G.
Existem muitas empresas dedicadas à criação de sites de conteúdo, que são rentabilizados com programas de afiliados. Imagine uma empresa de mídia grande, com dezenas de sites em vários países, todos eles com milhões de visitas todos os meses. Existem também afiliados profissionais que fazem isso numa escala menor, mas ainda assim extremamente rentável. Esses sites são alimentados essencialmente de tráfego orgânico e de tráfego vindo de mídias sociais.
Esse modelo passou a ser utilizado em praticamente todos os grandes portais e órgãos de comunicação, que vendiam seus espaços publicitários no modelo de CPM a seus anunciantes, porque consideravam que o usuário que navegava em seus sites já estava sendo impactado por esses anúncios, simplesmente por visualizá-los, mesmo que não clicasse. Ainda hoje, o valor de CPM é utilizado em plataformas de anúncios como o Facebook e Google AdWords e é uma métrica extremamente importante de análise de desempenho e custo. Além do mais, é impossível definir a taxa de cliques (CTR) de um anúncio sem termos em consideração o número de impressões dele.
O marketing de afiliados não é algo novo. Há centenas de anos que pessoas trabalham em modelos de comissão semelhantes, e os chamados comissionistas existem há centenas de anos. Um bom exemplo desse tipo de trabalho seriam os corretores imobiliários. Eles divulgam imóveis dentro e fora da internet, recebendo uma comissão sobre a venda daquele imóvel.
×