Um blog, também conhecido como weblog ou “surfing diaries”, é um site em formato aberto que com periodicidade definida, apresenta conteúdos de um ou mais autores sobre diversos temas. Os conteúdos são disponibilizados cronologicamente e os leitores podem interagir através de diversas ferramentas (exemplo: “postar” comentários para cada nova entrada), no entanto o autor ou administrador tem autonomia para gerir este processo (exemplo: apagar comentários que não considere adequados).
Esse modelo passou a ser utilizado em praticamente todos os grandes portais e órgãos de comunicação, que vendiam seus espaços publicitários no modelo de CPM a seus anunciantes, porque consideravam que o usuário que navegava em seus sites já estava sendo impactado por esses anúncios, simplesmente por visualizá-los, mesmo que não clicasse. Ainda hoje, o valor de CPM é utilizado em plataformas de anúncios como o Facebook e Google AdWords e é uma métrica extremamente importante de análise de desempenho e custo. Além do mais, é impossível definir a taxa de cliques (CTR) de um anúncio sem termos em consideração o número de impressões dele.
internet marketing, anderson ferro, marketing na internet, i marketing, e marketing, imarjeting, emarketing, ciração de sites, criar sites, criação web, webmarketing, marketing web, blog anderson ferro, blog de internet marketing, blog sobre ganhar dinheiro, telefonia voip, plataforma voip, revenda voip, operadora voip, serviços voip, billing voip, tarifador voip, sistemas voip, painel voip para revenda, painel voip,
RSS (Really Simple Syndication) Marketing nasceu como um serviço destinado a actualizar os visitantes frequentes de blogs, as últimas mensagens sem que detenham a necessidade de visitar constantemente os weblogs. Quando um determinado cliente ou potencial cliente assina um RSS a partir de uma determinada empresa, este receberá informações num formato simples de texto, sem a necessidade de facultar o seu endereço de e-mail.
Digital marketing became more sophisticated in the 2000s and the 2010s, when[13][14] the proliferation of devices' capable of accessing digital media led to sudden growth.[15] Statistics produced in 2012 and 2013 showed that digital marketing was still growing.[16][17] With the development of social media in the 2000s, such as LinkedIn, Facebook, YouTube and Twitter, consumers became highly dependent on digital electronics in daily lives. Therefore, they expected a seamless user experience across different channels for searching product's information. The change of customer behavior improved the diversification of marketing technology.[18]
Online reviews, then, have become another form of internet marketing that small businesses can't afford to ignore. While many small businesses think that they can't do anything about online reviews, that's not true. Just by actively encouraging customers to post reviews about their experience small businesses can weight online reviews positively. Sixty-eight percent of consumers left a local business review when asked. So assuming a business's products or services are not subpar, unfair negative reviews will get buried by reviews by happier customers.
Um caso de sucesso é o da marca Oreo da Nabisco. Esta marca teve uma quebra nas vendas a partir de 2000, devido às preocupações com a obesidade (crianças e adolescentes), no entanto em 2003 implementou medidas para revitalizar o consumo, particularmente um jogo online desenvolvido para as crianças de forma a recuperar a sua popularidade como “top of mind” junto desse target. O jogo online, com uma média de 7 minutos de jogo por utilizador foi um sucesso e a marca recuperou da quebra nas vendas, regressando ao volume de vendas habitual no fim desse ano.
Os programas de afiliados em CPV têm como base as vendas. São normalmente programas de afiliados de lojas de e-commerce em que o objetivo do blogueiro é converter usuários para comprar produtos numa determinada loja online, independentemente do nicho. Por norma, os programas de afiliados por CPV pagam um valor percentual (%) sobre as vendas realizadas, ou seja, ao enviar um usuário para a loja de e-commerce, se ele comprar XX produtos, o blogueiro recebe YY% de comissão sobre o valor da compra do usuário.
Balancing search and display for digital display ads are important; marketers tend to look at the last search and attribute all of the effectiveness to this. This then disregards other marketing efforts, which establish brand value within the consumers mind. ComScore determined through drawing on data online, produced by over one hundred multichannel retailers that digital display marketing poses strengths when compared with or positioned alongside, paid search (Whiteside, 2016).[42] This is why it is advised that when someone clicks on a display ad the company opens a landing page, not its home page. A landing page typically has something to draw the customer in to search beyond this page. Things such as free offers that the consumer can obtain through giving the company contact information so that they can use retargeting communication strategies (Square2Marketing, 2012).[43] Commonly marketers see increased sales among people exposed to a search ad. But the fact of how many people you can reach with a display campaign compared to a search campaign should be considered. Multichannel retailers have an increased reach if the display is considered in synergy with search campaigns. Overall both search and display aspects are valued as display campaigns build awareness for the brand so that more people are likely to click on these digital ads when running a search campaign (Whiteside, 2016).[42]
No caso do CPL, muitos usuários têm tendência para reclamar com as empresas de afiliados, porque haviam realizado XXX leads, e a empresa apenas validou YYY leads. Mas a verdade é que a empresa está no seu direito de revogar todas e quaisquer leads que considere não ter qualidade e/ou que não cumprem o pressuposto do programa de afiliados. Se tiver opção de escolha, opte sempre por um programa de CPA, em que, independentemente da validação da lead, você cumpriu a ação e é remunerado por isso.

Understanding Mobiles: Understanding mobile devices is a significant aspect of digital marketing because smartphones and tablets are now responsible for 64% of the time US consumers are online (Whiteside, 2016).[42] Apps provide a big opportunity as well as challenge for the marketers because firstly the app needs to be downloaded and secondly the person needs to actually use it. This may be difficult as ‘half the time spent on smartphone apps occurs on the individuals single most used app, and almost 85% of their time on the top four rated apps’ (Whiteside, 2016).[42] Mobile advertising can assist in achieving a variety of commercial objectives and it is effective due to taking over the entire screen, and voice or status is likely to be considered highly; although the message must not be seen or thought of as intrusive (Whiteside, 2016).[42] Disadvantages of digital media used on mobile devices also include limited creative capabilities, and reach. Although there are many positive aspects including the users entitlement to select product information, digital media creating a flexible message platform and there is potential for direct selling (Belch & Belch, 2012).[44]

Collaborative Environment: A collaborative environment can be set up between the organization, the technology service provider, and the digital agencies to optimize effort, resource sharing, reusability and communications.[36] Additionally, organizations are inviting their customers to help them better understand how to service them. This source of data is called User Generated Content. Much of this is acquired via company websites where the organization invites people to share ideas that are then evaluated by other users of the site. The most popular ideas are evaluated and implemented in some form. Using this method of acquiring data and developing new products can foster the organizations relationship with their customer as well as spawn ideas that would otherwise be overlooked. UGC is low-cost advertising as it is directly from the consumers and can save advertising costs for the organisation.


"Hey guys, just wanted to say thumbs up for the quality links you've brought in so far! Lot's of edu's, gov's and other trusted links. Exactly what we need. Our rankings are starting to improve and organic traffic is starting to increase. More importantly, we're very excited about the fact that you've 'opened our eyes' and had an important positive impact on our future (content) strategy. Brilliant! Will definitely recommend your team to anyone who isn't scared to invest in quality defensible SEO. Keep up the good work!" Max G.
Existem muitas empresas dedicadas à criação de sites de conteúdo, que são rentabilizados com programas de afiliados. Imagine uma empresa de mídia grande, com dezenas de sites em vários países, todos eles com milhões de visitas todos os meses. Existem também afiliados profissionais que fazem isso numa escala menor, mas ainda assim extremamente rentável. Esses sites são alimentados essencialmente de tráfego orgânico e de tráfego vindo de mídias sociais.
En 1994, CDNOW y Amazon lanzó los programas de afiliados como una estrategia de marketing, siendo estas las primeras empresas que lo utilizan. La idea es contar con anuncios de los editores para  solicitar los productos en sus sitios web. Luego los editores, obtienen comisiones cada vez que hacen una venta. Se dice que Amazon tiene más de un millón de afiliados en todo el mundo.
A pesar de los fraudes y estafas en el comercio, el marketing de afiliación sigue siendo una de las mejores maneras de generar ingresos en Internet. Es especialmente beneficioso para aquellos que quieran ganar dinero sin tener que gastar demasiado tiempo y esfuerzo en monitoreo de ventas o en la respuesta del cliente. Los comerciantes y los afiliados deben de tener cuidado al participar en una asociación y negociar. Las personas que deseen participar en un programa deben saber con quién está tratando. Llevar a cabo la investigación adecuada e ir a las comunidades de afiliados para obtener información acerca de su posible alianza. Tener buenas relaciones y conseguir los socios adecuados puede resultar favorable a largo plazo.
O modelo CPL é extremamente utilizado em negócios B2B, em que o objetivo é captar contatos de potenciais novos clientes. Neste modelo de comissão, por regra, o afiliado recebe um valor fixo a cada lead gerado. Este modelo é também muito utilizado em aplicativos mobile, como por exemplo a Uber, que paga uma comissão fixa a cada cadastro gerado em seu aplicativo.
O GPRs electrónico (e-GPRs) ou iGRPs (“i” de interactivo), consiste em estimar o número de utilizadores únicos[4][5] (diferente de visitas: número de visitantes que acede a um website num determinado período de tempo, a partir de uma morada IP única; se um utilizador visitar o mesmo site duas vezes no mesmo período, apenas é considerado um visitante) que serão alcançados através de qualquer canal online e correlacioná-lo com o número de impressões. O que cria uma relação (e-GPRs) que pode ser comparada com o GPRs tradicional, o que vai permitir que o Return on investment (ROI) da campanha de b-Marketing possa ser optimizado.

É um tipo de marketing em que a empresa (publicitária) recompensa (pode ser financeiramente) o afiliado (editor) por canalizar potencias clientes através de links para o seu website. Estes hyperlinks podem ter dois objectivos diferentes: vendas directas; ou simplesmente redireccionar potenciais utilizadores interessados para o website da empresa (publicitária).
Os e-auctions, normalmente, são leilões directos, em que alguém oferece produtos ou serviços a utilizadores que licitam de forma ascendente (versão inglesa) ou descendente (versão alemã). No entanto os leilões que mais interessam para as empresas, não são os directos, são os leilões invertidos. Num “reverse e-auction” leilão invertido as empresas adquirem produtos ou serviços num concurso público fechado (quantidade e especificações) em que teoricamente vence a melhor oferta, não apenas no preço mas também com as melhores condições comerciais (nem sempre a oferta de preço mais baixo ganha os contratos). Um exemplo de sucesso da utilização de e-auctions é o da British Airways, que em 2005 poupou 300 milhões de libras pela utilização de e-auctions, no entanto, a vantagem de usar os e-auction não reside apenas nos custos, pois, também permite determinar a estrutura de preços da concorrência, através da análise das suas licitações.

O mercado de marketing de afiliados é, na verdade, uma oportunidade tremenda para ganhar dinheiro na internet e continuará sendo durante muitos e longos anos. No entanto, e tal como acontece em outros mercados, existem profissionais que fazem as coisas do jeito certo e profissionais que fazem as coisas do jeito errado. Você precisará entender primeiro como tudo isso funciona e quais são as suas possibilidades, de modo a tentar extrair o máximo potencial dos seus projetos. Outra coisa importante é que marketing de afiliados não tem nada a ver com marketing multinível; são dois mercados totalmente diferentes.

×